Devocional: ‘Homem de Deus’

23/01/2012

Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão. Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. 1Tm 6.11-12

É muito comum ouvirmos, da parte de muitos cristãos, uma expressão que já se tornou uma espécie de jargão: “olha ali, eis que vai um homem de Deus!”. O que a Bíblia diz a respeito desse assunto? Homem de Deus seria um estereótipo, de terno e gravata falando “crentês”? O crentês vai além de um dialeto que somente ‘iniciados’ entendem. O crentês denota aparência de piedade, porém vazio de conteúdo.

Neste primeiro devocional, vamos falar um pouco sobre esse tema, sobre como sermos homens e mulheres de Deus diante dos desafios doutrinários e culturais deste tempo.

No texto acima, o apóstolo Paulo escreve para Timóteo e lhe dá instruções para uma vida cristã. Vale lembrar que Timóteo era um discípulo de Paulo, um jovem pastor nascido em Listra (atual Turquia). Era filho e neto de mulheres piedosas e cristãs, instruído na fé desde pequeno (At 16.1; 2Tm 1.5; 3.15).

No cenário em questão, Paulo estava numa viagem para região da Macedônia, e instruiu Timóteo através da epístola para que estivesse atento aos desafios da igreja na cidade de Éfeso, onde este estava pastoreando, desafios tais que confrontariam sua fé. A viagem de Paulo demoraria além do previsto, sendo necessária instrução específica ao pastor Timóteo. Quais eram elas?

1. Andar na contramão (v11 a): Timóteo deveria se opor aos valores mundanos enraizados na cidade de Éfeso. Como cristãos, tanto Timóteo como nós andamos não segundo o curso deste mundo, mas segundo o querer de Deus. De que forma?

2. Fuja disso (v. 11b)! Indo contra o que é mal, discernindo de modo ético aquilo que Deus quer que façamos e o que não devemos fazer. Sugiro ao leitor que examine o contexto lendo todo o capítulo 6. Ficará claro que Timóteo não deveria compactuar com valores que se opõem a fé cristã genuína. Estamos fugindo do mal e marchando pela justiça e amor, valores do Reino?

3. Doutrina (v.12 a): É urgente o engajamento cristão em prol do Evangelho. Devemos estudar e meditar profundamente na Bíblia e nas doutrinas cristãs para que sejamos defensores da fé – 1Tm 1.18; Estamos engajados neste propósito?

4. Experiência (v. 12b): Diga não a experiências baratas e duvidosas. Muitos estão atrás de visões e profecias e ainda tem duvidas acerca da salvação. Somos salvos pelo dom de Deus. Desfrute da certeza absoluta de sua salvação nEle, não por sermos merecedores, mas sim pela Sua misericórdia. Você descansa nEle e na certeza da salvação?

Estes conselhos bíblicos e parâmetros para homens de mulheres de Deus não servem apenas para 2012, mas para toda nossa caminhada.

Uma fé madura e equilibrada nos garantirá uma caminha dentro do querer de Deus.

Soli Deo Gloria!

_____________________________

 João Rodrigo Weronka

Membro na Igreja Batista Vida Nova em São José dos Pinhais, PR. Leciona teologia e estudos bíblicos. Mantém o site NAPEC, dedicado ao estudo teológico e apologético. Coopera na Missão Maná.

Anúncios

Encontre…

15/12/2011

Além de levar alimentos e roupas, bem como o Evangelho de Cristo aos moradores de rua de Curitiba e região, a Missão Maná também procura promover o contato reconciliatório entre moradores de rua que desejam retornar ao lar.

O trabalho simples, mas o resultado pode ser muito grande, desde que haja o sentimento pacífico de reconciliação entre as partes.

Como funciona?

Quando em contato com o morador de rua conversamos sobre assuntos diversos, e em certos casos é dada a abertura sobre o assunto ‘família’. Coletamos dados do familiar e iniciamos busca pela internet sobre telefone/e-mail/facebook.

Família

Encontrando o membro da família, partimos para a tentativa de reconciliação, mediando o contexto e retirando o morador da rua, devolvendo-o para o seio da família.

Perdidos

Caso você tenha um ente querido perdido nas ruas e suponha que esteja nas ruas de Curitiba, entre em contato fornecendo informações.

[ CONTATO ]


Sobre nós

09/12/2011

A Missão Maná é um ministério  cristão que visa através deste atender e ajudar pessoas que moram nas ruas.

Fundado em 01/02/2010, pelos pastores Adílson e Simone Rios, e apoiado por voluntários membros do Corpo de Cristo, fazemos um trabalho voluntário e contamos com ajuda de amigos e irmãos que tem se comovido ao ver pessoas vivendo em condições de verdadeiro abandono nas ruas de Curitiba e região.

Adílson e Simone

Nosso trabalho é levar o evangelho e o amor de Cristo em primeiro lugar. Anunciando as Boas Novas do Mestre, levamos também o suporte material para estas pessoas, como alimentos, roupas e cobertores.

Além disso, no contato com os moradores de rua, identificamos pessoas perdidas de suas famílias e que gostariam de retornar aos seus lares. Nesta frente agimos como reconcilidores, facilitando o contato entre o morador de rua e seu familiar, onde quer que esteja.

Infelizmente, nem sempre os recursos são suficientes para alcançar tantos quanto gostaríamos.

Tentamos amenizar um pouco a dor dessas pessoas excluídas da sociedade, abandonadas pelos seu familiares  e aprisionadas pelo inimigo de nossas almas.

Este é o trabalho que Deus tem colocado em nossos corações, é a missão de todo aquele que ama seu próximo como a si mesmo, contamos com a sua colaboração em ações e orações.

Se você gostaria de saber mais e se envolver com esta missão, entre em contato conosco.